Atuando em Campinas, Ponte Preta não passa de empate contra o Icasa

Ponte Preta sofreu o empate do IcasaAos olhares de poucos torcedores, a Ponte Preta não iniciou a sua volta à Série B do Campeonato Brasileiro como gostaria. Enfrentando o Icasa, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, o time do estreante técnico Dado Cavalcanti empatou por 1 a 1, na noite desta sexta-feira. Com o empate, os dois times iniciam a competição na vice-liderança, com um ponto e um gol marcado cada um.

Este duelo corria o risco de não acontecer, já que o Icasa lutou até o último instante para conseguir uma liminar que recolocasse o clube na Série A. Sem ter sucesso em sua tentativa, o time cearense entrou em campo e fez uma partida de igual para igual com a Ponte Preta.

Mesmo com promoção de ingressos a R$ 5, a Ponte Preta não conseguiu colocar um grande número de torcedores no Majestoso e a fraca presença de público acabou sendo refletida dentro de campo. Demonstrando falta de entrosamento, o time campineiro até tentava fazer a bola chegar aos seus atacantes, mas não conseguia.

O Icasa aproveitou o mal momento do time da casa e conseguiu abrir o placar aos 32 minutos. Bruno Nunes recebeu a bola no lado direito e cruzou rasteiro para dentro da área. A defesa da casa estava desorganizada e a bola sobrou para o atacante Felipe Klein, que girou e chutou forte, sem chances para o goleiro Roberto. Com a vantagem no placar, o Icasa administrou o jogo até o apito que encerrou o primeiro tempo.

Na volta para a segunda etapa, a Ponte Preta apareceu disposta a buscar o resultado e pressionou o Icasa no campo de defesa. De tanto insistir, não demorou para chegar ao gol de empate. Aos nove minutos, Edno entrou na área driblando e foi derrubado por Preto Costa. O próprio atacante foi para a cobrança e chutou forte no canto direito de Dionantan para empatar.

O time de Campinas continuou em busca do gol da vitória. Acuado, o Icasa fazia o que podia para se segurar. Aos 25 minutos a Ponte Preta acertou a trave. Adrianinho levantou e Élton cabeceou no poste esquerdo. Com o cansaço atrapalhando, o time não conseguiu manter a pressão e o empate se manteve.

Nos acréscimos cada time ainda teve uma chance de gol. Aos 46 minutos, Dionantan fez grande defesa num cabeceio de Rossi. No minuto seguinte, Ricardinho acertou a trave do goleiro Roberto. Pela segunda rodada, a Ponte Preta visita o Atlético-GO, em Goiânia, no dia 26, às 16h20. Já o Icasa receberá o Sampaio Corrêa, em Juazeiro do Norte, na próxima sexta-feira, às 19h30.

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA 1 X 1 ICASA

PONTE PRETA – Roberto; Neílson, César, Diego Sacoman e Magal; Adilson Goiano (Léo Cittadini), Fernando Bob, Élton e Adrianinho (Antônio Flávio); Edno e Alexandro (Rossi). Técnico – Dado Cavalcanti.

ICASA – Dionantan; Douglas, Samuel, Preto Costa e Zé Carlos; Foguinho, Jonatan, Elanardo (Bismarck) e Danilinho (Jônatas); Felipe Klein e Bruno Nunes (Ricardinho). Técnico – Tarcísio Pugliese.

GOLS – Felipe Klein, aos 32 minutos do primeiro tempo e Edno, de pênalti, aos nove minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Paulo Schleich Vollkopf (MS).

CARTÕES AMARELOS – Alexandro (Ponte Preta); Foguinho, Preto Costa e Samuel (Icasa).

RENDA – R$ 18.502.00.

PÚBLICO – 3.822 pagantes

LOCAL – Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Agência Estado

Postar um comentário

0 Comentários