Em jogo de arbitragem nervosa e confusa, Flamengo e Vasco ficam no empate na primeira final do Carioca.

Flamengo e Vasco empataram neste domingo(06 ABRIL 2014), no Maracanã, no primeiro jogo decisivo do Campeonato Carioca 2014. O Vasco saiu na frente, gol marcado pelo zagueiro Rodrigo ainda no primeiro tempo.

O Flamengo chegou a igualdade no segundo tempo, através do atacante Paulinho, num golaço, minutos depois da expulsão do atacante Éverton Costa, do Vasco. Jogadores rubro-negro, na saída para o intervalo disseram que o time não estava concentrado.

O goleiro Felipe disse que o técnico Jayme de Almeida mexeu com o brio dos atletas durante o intervalo. Um jogo de público decepcionante, pouco mais de 20 mil pagante e de arbitragem nervosa e confusa, o senhor  Rodrigo Nunes de Sá distribuiu muitos cartões e teve dificuldade para conduzir o duelo. Vasco e Flamengo voltarão a se enfrentar no próximo domingo, novamente no Maracanã. Na oportunidade conheceremos o campeão carioca deste ano.

Flamengo e Vasco empataram neste domingo(06-04)
Flamengo e Vasco empataram neste domingo(06-04)

 

O JOGO- RESUMO

O Vasco foi visivelmente mais aplicado no primeiro tempo, era um time que marcava melhor e jogava com mais espírito de decisão, contra o Flamengo de alguns jogadores que até estava no clima da decisão, mas outros não, e o Vasco por isso abriu a vantagem na primeira etapa, gol marcado aos 11 minutos, depois de escanteio cobrado  pelo Douglas, o zagueiro Rodrigo apareceu como ‘elemento surpresa’ e de cabeça fez o primeiro gol do jogo e o time do técnico Adilson Batista levou essa vantagem para o intervalo; vantagem merecida por sinal.

Era um jogo de poucas finalizações, de muita marcação, muita pegada e a melhor chance, a melhor oportunidade, tirando o lance do gol do Rodrigo foi também a favor do Vasco, num lance do Edmilson, que chutou cruzado e o goleiro Felipe fez grande defesa e Frauches, que jogava improvisado na lateral esquerda chegou para salvar antes que o Reginaldo completasse para o fundo do gol.

O segundo tempo começou com o Flamengo diferente, o técnico Jayme de Almeida trocou Lucas Mugni por Gabriel, que deu um pouco mais de velocidade ao time do Flamengo, mas não deu pra vê se foi só isso que melhorou o time rubro-negro porque com 50 segundos de partida nessa segunda etapa, o atacante Éverton Costa do Vasco puxou o lateral direito Léo pela camisa no momento em que ele avançava rumo a grande área, ele já tinha cartão amarelo era para ter sido expulso nesse lance, o árbitro marcou a falta, mas não mostrou o segundo amarelo para o jogador vascaíno e aí os jogadores do Flamengo se irritaram e passaram a cerca o árbitro a todo momento e não demorou muito para o próprio Éverton Costa que continuou em campo, aos 10 minutos fez uma ‘falta feia’ por trás em cima do Paulinho e aí não teve jeito, o árbitro mostrou o cartão amarelo, depois o vermelho, o jogador foi expulso, deixou o Vasco com 10 jogadores.

Fla e Vasco fizeram duelo bastante disputado no Maraca
Fla e Vasco fizeram duelo bastante disputado no Maraca

Imediatamente, o Jayme de Almeida colocou o o meia Everton no lugar do Frauches, minutos depois o Fla criou boa oportunidade com o próprio Everton aos 12 minutos e chegou ao gol de empate aos 15, cinco minutos depois da expulsão de Éverton Costa, num chute de Paulinho de fora da área, bonito, no ângulo, mas era uma bola defensável, o goleiro Martin Silva estava mal colocado na jogada, a partir do gol o Flamengo se animou, foi pra cima, os jogadores do Vasco começaram a cercar a arbitragem, reclamar de todas as jogadas, queriam na verdade que alguém do Flamengo fosse expulso para compensar a expulsão do Éverton Costa.

O jogador visado era o lateral direito Léo que vinha fazendo seguidas faltas também, mas antes que isso acontecesse, o técnico Jayme foi esperto tirou Léo e colocou o arisco Negueba, puxou o Luiz Antonio para o lado direito, recuou um pouquinho Gabriel o Paulinho e deixou o Negueba mais solto na frente mais próximo do Alecsandro.

Alecsandro recebeu forte marcação na partida
Alecsandro recebeu forte marcação na partida

Parecia a fórmula certa para buscar a virada só que o Flamengo não conseguiu mais ameaçar o gol defendido pelo uruguaio Martin Silva, ao contrário, o lance mais perigoso dali pra frente foi uma cobrança de falta do Felipe Basto que o goleiro Felipe mandou para escanteio.

No resumo geral, foi um jogo de poucas oportunidades e muitas faltas, ao todo 61 faltas nesse primeiro jogo da final do Carioca 2014, em parte porque os times estavam muito preocupados com a marcação, em parte porque a arbitragem contribuiu para que isso acontecesse. Tomara que no próximo domingo as equipes joguem um melhor futebol. O torcedor agradece.

FICHA TÉCNICA

VASCO 1 X 1 FLAMENGO

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 6 de abril de 2014 (Domingo)

Horário: 16 horas (de Brasília)

Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)

Público: 20.844 pagantes

Assistentes: Wagner de Almeida Santos (RJ) e Jackson Loureiro dos Santos (RJ)

Cartões Amarelos: Everton Costa, André Rocha, Douglas, Felipe Bastos(Vasco); Felipe, Léo, Samir, Everton(Flamengo)

Expulsão: Éverton Costa(Vasco)

Gols:
VASCO: Rodrigo, aos 11 minutos do primeiro tempo
FLAMENGO: Paulinho, aos 15 minutos do segundo tempo

VASCO: Martin Silva, André Rocha, Luan, Rodrigo e Marlon; Guiñazú, Pedro Ken e Douglas(Bernardo); Everton Costa, Edmilson(Thales) e Reginaldo(Felipe Bastos). Técnico: Adilson Batista

FLAMENGO: Felipe, Léo(Negueba), Wallace, Samir e Frauches(Everton); Amaral, Luiz Antonio, Márcio Araújo e Lucas Mugni(Gabriel); Paulinho e Alecsandro. Técnico: Jayme de Almeida

Postar um comentário

0 Comentários