Flamengo e Vasco, sob desconfiança, decidem quem será o campeão

Flamengo e Vasco, sob desconfiança, decidem quem será o campeãoA grande festa do futebol do Rio de Janeiro acontecerá neste domingo, às 16 horas (de Brasília), no Maracanã, onde Flamengo e Vasco decidem o título do Campeonato Carioca. Após empate por 1 a 1 no primeiro jogo, quem ganhar leva o caneco, enquanto que uma nova igualdade dá a taça aos rubro-negros, donos da melhor campanha na fase de classificação.

Apesar da certeza de que um dos dois lados vai festejar, ambos chegam sob desconfiança para este compromisso. O Vasco não vence uma final sobre o adversário há 26 anos. A última vez foi no Estadual de 1988. Aliás, o Cruz-Maltino não é campeão carioca desde 2003 e o rótulo de vice é algo que incomoda. Já os flamenguistas ainda tentam juntar os cacos após a traumatizante derrota de 3 a 2 para o León, do México, no meio de semana, que custou a eliminação na Copa Libertadores.

“Para este jogo, o mais importante foi trabalhar o aspecto psicológico. Até a bola rolar, a derrota para o León estará na mente de todos, pois foi um resultado muito triste. Ficamos abalados, mas podemos enfrentar o Vasco de igual para igual e ficarmos com o título”, disse o técnico do Flamengo, Jayme de Almeida.O clima de desconfiança também aparece no Vasco, porém os jogadores tentam afastar o fantasma do vice.”Nós estamos pensando no que vai acontecer no jogo deste domingo e não o que aconteceu antes, nos anos anteriores. O Vasco chega forte para esta decisão. Mostramos que podemos encarar qualquer adversário de igual para igual. Respeitamos o Flamengo, mas podemos superá-lo”, afirmou o volante Pedro Ken.

Para bater o rival, o Vasco, inclusive, aposta na tranquilidade e na paciência como principais armas.”Nós precisamos manter a posse de bola, pois assim vamos estar sempre em condições de atacar, mas correndo menos risco. É preciso paciência, equilíbrio, trocar a bola com tranquilidade, encontrando o momento certo para entrar, que só chegará se tivermos velocidade e movimentação na frente”, explicou o técnico Adilson Batista.

Tranquilidade também é algo que os flamenguistas esperam ter dentro de campo.”Pecamos contra o León e fomos castigados. Isso precisa servir de lição para não repetirmos o erro contra o Vasco. Fomos afoitos no meio da semana e isso não pode se repetir no domingo”, disse o lateral esquerdo André Santos, ainda mostrando o abatimento pela eliminação na Libertadores.Em termos de escalação, o Vasco não terá o atacante Everton Costa, que cumpre suspensão por ter sido expulso no primeiro jogo da final. Adilson pode manter o esquema e escalar Wlliam Barbio, Bernardo ou Thalles no setor.

Também há a chance de o volante Fellipe Bastos ser o escolhido, com o esquema 4-3-3 sendo deixado de lado para a escolha do 4-4-2. O volante argentino Pablo Guiñazu, que se recuperou de uma pancada no tornozelo esquerdo, e o atacante Edmilson, que lutava contra dores na coxa esquerda, têm escalação assegurada no clássico decisivo.

No outro lado, o Flamengo terá os volantes Luiz Antonio e Márcio Araújo, que não enfrentaram o León por não estarem inscritos na Libertadores. Eles ocuparão as vagas de Muralha e Elano, que voltou a sentir a lesão na coxa direita. O restante do time será o mesmo de quarta-feira.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO X VASCO

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 13 de abril de 2014 (Domingo)
Horário: 16h(de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Rodrigo Corrêa (RJ) e Luiz Antonio de Oliveira (RJ)

FLAMENGO: Felipe, Leonardo Moura, Wallace, Samir e André Santos; Amaral, Luiz Antonio, Márcio Araújo e Everton; Paulinho e Alecsandro
Técnico: Jayme de Almeida

VASCO: Martin Silva, André Rocha, Luan, Rodrigo e Marlon; Pablo Guiñazú, Pedro Ken e Douglas; Thalles (Wlliam Barbio, Bernardo ou Fellipe Bastos), Edmilson e Reginaldo
Técnico: Adilson Batista
Gazeta Esportiva

Postar um comentário

0 Comentários