Flamengo esbarra na retranca do Goiás e só empata na estreia do brasileirão

Flamengo esbarra na retranca do Goiás e só empata na estreia do brasileirão
Flamengo esbarra na retranca do Goiás e só empata na estreia do brasileirão

O processo de reformulação de um Goiás sem suas figuras de destaque em 2013 se mostrou um tanto animador na estreia do time pelo Campeonato Brasileiro. Depois de perder Rodrigo, Ernando, Hugo, Walter, o ser vice no estadual e cair na Copa do Brasil, o Esmeraldino segurou o campeão carioca Flamengo na noite deste domingo em Brasília. Com grande atuação do goleiro Renan, os visitantes saíram de campo com um ponto após o 0 a 0 no Mané Garrincha. Eles ainda tiveram chances de ganhar no fim de um jogo muito fraco tecnicamente, diante de 19.012 pagantes. A renda foi de R$ 1.144.515,00.

A igualdade para o Rubro-Negro foi ruim, e o time segue a sina de estreias ruins e os maus resaultados fora do Rio de Janeiro. Só venceu duas vezes no atual formato da competição, desde 2003, e no ano passado teve só 45,8% de aproveitamento como mandante em outros estados.

Ter a bola não foi suficiente ao Flamengo. A marcação do Goiás se mostrou eficiente contra um frágil ataque rubro-negro, que apostou todas as suas fichas no primeiro tempo pelo lado dirieto, nas costas de Lima. Luiz Antonio e Léo Moura apareceram com liberdade no setor em diversas oportunidades, mas o time abusou de um ineficaz jogo aéreo, até porque Alecsandro saiu muito da área. A jogada só levou perigo nos escanteios, com a presença dos zagueiros. Chicão teve ótima chance com os pés na pequena área, mas parou na noite inspirada de Renan. Já a cabeçada de Wallace quicou e saiu por cima do travessão. A bola parada poderia ter sido a solução para um jogo tecnicamente fraco, só que tanto Renan quanto Felipe garantiram o placar em branco.

O duelo, que não foi lá essas coisas nos primeiros 45 minutos, perdeu ainda mais em qualidade na etapa final. Alecsandro foi vítima dos impedimentos, o domínio do Fla virou desorganização e passou a dar menos trabalho a Renan. Pelo contrário, passou a oferecer espaços para os contra-ataques do Goiás. Foram cinco nos minutos finais, incluindo uma chance clara com David, livre na área, mas a batida fraca parou em Felipe. Os torcedores presentes chegaram a vaiar por alguns momentos a equipe do Fla, e o cenário poderia ser pior. Um deles arremessou uma garrafa plástica no campo, que foi entregue ao árbitro para relatar na súmula. Mas o clube pode escapar de punição, já que o responsável foi identificado pelos outros rubro-negros e retirado do estádio pelos seguranças.

Flamengo e Goiás terminam a primeira rodada com um ponto e dividindo a nona posição ao lado de Coritiba, Corinthians, Chapecoense e Atlético-MG.O Flamengo volta a campo no próximo domingo, às 16h (de Brasília) contra o Corinthians, no Pacaembu. Fora da Copa do Brasil, o Goiás também terá a semana livre. No mesmo domingo, o Esmeraldino enfrenta o Criciúma às 18h30, no JK, em Itumbiara.(Globo Esporte)

Postar um comentário

0 Comentários