Ney Franco admite Fla abaixo da média: "Tem que jogar mais"

Ney Franco: ínico ruim no comando do Fla
Ney Franco: ínico ruim no comando do Fla

Foi o sétimo jogo com o Bahia consecutivo, e o sétimo sem vitória. Ney Franco sabe mais do que ninguém das qualidades do adversário que o Flamengo empatou nesta quarta-feira, por 1 a 1, no Moacyrzão, em Macaé, pela sexta rodada do Brasileirão. Talvez por isso, tenha admitido que o Rubro-Negro não mereceu vencer. Apesar de questionar a falta de Samir em Henrique, que resultou no gol de Talisca, o treinador admitiu o fraco rendimento de sua equipe e cobrou melhoras.

Há uma semana no comando do Flamengo, Ney Franco acumula uma derrota e um empate. Nas duas exibições, viu o time deixar o gramado ao som de gritos de “time sem vergonha” e fez da autocrítica o primeiro passo para uma evolução.

– O resultado é muito ruim, mas foi reflexo do jogo. Independentemente das questões do adversário estar desfalcado, houve um equilíbrio o tempo todo. Em momento nenhum fomos superiores. Fizemos um gol no primeiro tempo, tivemos duas oportunidades. A primeira coisa para recomeçarmos esse trabalho é aceitar isso. Não vou ficar arrumando desculpas para o resultado. Em alguns momentos, o Bahia esteve melhor que a gente em campo. Esta é a leitura do jogo. Como treinador e os jogadores também sabem que a equipe tem que jogar mais do que está jogando. Temos que assumir isso e não transferir as responsabilidades. Lógico que a origem do gol dos caras não foi falta, mas acho que o jogo tem coisas a mais do que isso que temos que corrigir.

Com cinco pontos em seis partidas no Brasileirão, o Flamengo pode terminar a rodada na zona de rebaixamento. Nesta quinta-feira, o elenco retorna para o Rio de Janeiro, onde inicia os trabalhos visando o jogo com o Santos, domingo, no Morumbi. Até a parada para Copa, há ainda compromissos com o Figueirense e o Cruzeiro. Nos próximos dez dias, o Rubro-Negro mais do que nunca tem que aprender a vencer, e a realidade já foi mostrada pelas arquibancadas: é de pressão.

Globo Esporte

Postar um comentário

0 Comentários