Copa 2014: Ex-jogador Tita é acusado de vender ingresso em jogo do México.

Ex-jogador Tita é acusado de vender ingresso em jogo do México.
Ex-jogador Tita é acusado de vender ingresso em jogo do México.

Com passagens por Flamengo, León-MEX e Seleção Brasileiro, tendo disputado a Copa do Mundo na Itália em 1990, o ex-atacante Tita, teve seu nome envolvido em uma polêmica no México. A coluna “San Cadilla”, do jornal local “Cancha”, publicou no último dia 21 que o brasileiro estaria revendendo ingressos para o duelo entre a Seleção e o México no Castelão, em Fortaleza, no dia 17, pelo Grupo A da Copa do Mundo. Em entrevista a rádios e sites do Rio neste domingo(29), Tita que também atuou por Vasco, Inter e Grêmio comentou sobre uma foto sua publicada pelo jornal mexicano. Ele confirmou que é ele mesmo na foto, entretanto negou que estivesse vendendo ingressos para torcedores mexicanos.

“Eu sou conhecido no México e estive nos dois jogos do México no Castelão (contra Brasil e Holanda). Como sempre, os torcedores me pararam para conversar, mas não falei sobre ingressos com eles e nem vi que eles estavam com dinheiro ou entradas. Não me lembro dessas pessoas falando de compra de bilhetes. Muita gente me aborda em volta dos estádios para bater fotos”, disse Tita, que se encontra em Fortaleza, onde assistiu a derrota do México para a Holanda pelas oitavas de final da Copa, neste domingo

Postar um comentário

0 Comentários