Mugni amarga reserva no Fla, não desanima e prevê reviravolta: “Ney vai me conhecer”

Contratado no início desse ano como promessa do futebol argentino, o meia Lucas Mugni ainda não deslanchou no Flamengo. Os altos e baixos o impediram de ser titular absoluto tanto com Jayme de Almeida quanto no começo da gestão de Ney Franco. A parada do Brasileirão para a disputa da Copa do Mundo enche o argentino de esperanças. Para o meia de 22 anos, ex-Colón esta é uma boa oportunidade para ele ganhar um lugar no time titular de Ney Franco.

Durante dois trabalhos táticos, os abertos à imprensa, realizados na semana passada em Atibaia, interior de São Paulo, na primeira parte da preparação do rubro-negro visando à retomada do Brasileirão, Mugni figurou entre os reservas. Mattheus, filho de Bebeto ganhou chance, nem por isso, o argentino desanimou. “Tem disso importante para mim este período. O treinador é novo, chegou faz pouco. É um período para ele me conhecer. Vou jogar mais tranquilo, com mais sequência nos treinos. Ainda não fui titular, mas a preparação é longa. Ainda posso ganhar um lugar no time”, ressalta o jogador.

Mugni busca espaço no time titular do Flamengo
Mugni busca espaço no time titular do Flamengo

O novo sistema testado por Ney Franco, o 3-5-2, no entendimento de Mugni, o ajudará bastante:

“O 3-5-2 não é melhor nem pior ao time. Toda a escalação tem de ter treinamento. Se trabalharmos bem e cumprirmos as orientações táticas, será bom. Não adiantará nada de não prestarmos atenção. Eu preciso de gente perto para fazer bom jogo, então, o esquema me ajuda. Com o meio campo assim, fica mais povoado, e as coisas ficam melhores”, disse.

Atualmente ocupando a penúltima colocação na tabela de classificação do Brasileiro, o Flamengo se prepara para enfrentar o Atlético-PR, no dia 16 de julho, na retomada do Nacional. O time fará o primeiro jogo-treino no domingo contra o Tupi-MG no Ninho do Urubu.

Postar um comentário

0 Comentários