Vasco corre contra o tempo para não ficar sem material esportivo

Vasco corre contra o tempo para não ficar sem material esportivoA novela da negociação entre Vasco e Penalty, que se arrasta há pelo menos dois meses, voltou a se complicar. Depois da aproximação para o acordo por mais seis meses, a empresa ainda não deu aval e a renovação segue emperrada, a apenas cinco dias do fim do contrato.

A situação causa apreensão, já que a partir de julho não haverá mais reposição de material e nem liberação de verba, cujo adiantamento, em caso de final feliz, já havia sido solicitado pela diretoria. A solução pode sair da extensão por um ano – a princípio aceita pela fornecedora.

Em reunião do Conselho Deliberativo do clube, na semana passada, Roberto Dinamite se comprometeu a não assinar nenhum novo compromisso amplo, com o intuito de que a próxima administração possa definir os novos rumos. A eleição está marcada para o dia 6 de agosto.(Globo Esporte)

Postar um comentário

0 Comentários