Agredido, André Santos descarta saída do Flamengo: "isso é coisa de covarde"

Nesta segunda-feira(21 de julho 2014), um dia depois de ter sido vítima de agressão por parte de um grupo de torcedores do Flamengo, minutos após a partida em que o rubro-negro foi humilhado pelo Internacional (4×0) pela 11ª rodada do Brasileirão, o lateral André Santos do Flamengo disse que não tem medo de enfrentar problemas e que terá “atitude” para ajudar na reação do time que no momento ocupa a última colocação na tabela de classificação da Série A.

Registro da confusão em Porto Alegre- André Santos é agredido por torcedores

“Em nenhum momento pensei em sair, em nenhum momento pensei em abandonar. Porque isso é coisa de covarde, de homem que tem medo de enfrentar os problemas. Nenhum momento isso passou pela minha cabeça. Eu tenho atitude e vou tirar o clube dessa situação”, disse André.

Postar um comentário

0 Comentários