Jogadores do Vasco cravam palpites sobre a Copa do Mundo

É impossível não ficar por dentro dos jogos e das seleções que estão participando da Copa do Mundo. Nos clubes, não poderia ser diferente. Apesar de uma rotina de muito trabalho e suor, cada jogador tem a sua torcida própria. Origem de nascimento, influências na família ou até passagens futebolísticas marcantes em países diferentes, podem definir a torcida de um jogador.

No caso do Vasco, a torcida pelo Brasil é maioria. Mas, é claro, que os estrangeiros do elenco exaltam os seus países e têm as suas torcidas em particular.  

– Fiz parte do processo das eliminatórias da Copa e sei da qualidade dos jogadores . Temos uma seleção muito forte e todos sabem o que fazer ali. Nunca vou torcer contra Brasil. Mas torço pela minha Argentina. O melhor vai vencer, mas eu gosto de brincar e num grupo como o do Vasco é gostoso – disse o volante Guiñazu, que tem uma história bonita pela Seleção da Argentina.

Além de torcer pela Seleção Brasileira, o goleiro Diogo Silva gosta de analisar os jogadores da Copa.

– O Julio Cesar é a melhor escolha para o gol do Brasil. O estrangeiro que gosto de ver é o Neuer, da Alemanha. Debaixo do gol, sai muito bem e sabe jogar com os pés também  – disse Diogo.

Se tem um jogador que está radiante e feliz com a Copa do Mundo, o nome dele é Santiago Montoya. O colombiano tem acompanhado os jogos da Colômbia e garante que a sua seleção está tendo um futebol ‘muito lindo e muito vistoso’.

– Toda a Colômbia esta muito emocionada pelo que estamos passando na competição. Todo mundo está vendo que a seleção está fazendo um bom trabalho, tendo um futebol muito lindo e muito vistoso. Para uma seleção como a nossa, que há 15 anos não chegava ao Mundial, é bom pensar passo a passo. Não dá para pensar em título agora – falou o colombiano.

Argentino Guiñazu e o colombiano Montoya

O zagueiro Douglas Silva é o que tem mais confiança na Seleção Brasileira. Apesar do jogo difícil contra o Chile, o jogador acredita que o país pode fazer bonito. Mas alerta…

– Quem é brasileiro, torce só pela Seleção Brasileira. Assim que eu vejo o futebol. Estou torcendo para o Brasil e acompanho os jogos. O último jogo foi difícil, mas acredito ainda no time. Eu acredito que a Holanda será um páreo duro para o restante da Copa do Mundo – alertou.

O lateral Diego Renan admite que sempre quando tem um tempo livre, liga a televisão e assiste os jogos do Mundial no Brasil. Mas, o jogador não esquece nunca de que o foco principal é no Vasco da Gama.

– A gente acompanha a Copa do Mundo sim. Ficamos na torcida pelos companheiros que estão na seleção. Nós treinamos de manhã e temos uma folguinha de tarde, ai dá pra acompanhar um pouco. É uma competição que para o mundo todo, mas temos que manter sempre o foco no trabalho, que é o mais importante – destacou.

Apesar de sua seleção não estar na Copa do Mundo, o volante Aranda leva na boa as brincadeiras que os companheiros estão fazendo com a sua Seleção Paraguaia. E com as eliminações de Uruguai e Chile, garante que torcerá para a Seleção Brasileira.

– Os companheiros estão brincando comigo sempre, mais o Guiñazu e o Montoya. O Paraguai fez o possível para estar no Mundial e não conseguiu. É hora de pensar na disputa para o próximo (..) Estava torcendo para o Uruguai e também para o Chile, mas já sairam do Mundial. Agora vou torcer para o Brasil – disse o paraguaio.
O resultado disso tudo só saberemos dia 13, no Maracanã, palco da final da Copa do Mundo.

Site Oficial do Vasco

Postar um comentário

0 Comentários