Flamengo se movimenta e consegue economizar com saída de Elano

Se desfazer de um jogador do porte de Elano é difícil e custa caro. No entanto, dentre todas as opções viáveis, o Flamengo conseguiu arranjar a que menos lhe prejudicaria. Após muito negociar e conseguir um acordo com o jogador, terá de pagar “apenas” R$ 1 milhão pela rescisão do contrato, que foi acertada na tarde de terça-feira. O valor não é baixo, é claro, mas há o que comemorar dentro desta situação.

Contratado por Paulo Pelaipe no começo do ano, Elano chegou por empréstimo de um ano. O Flamengo pagava metade dos salários do jogador (R$ 190 mil) e o Grêmio pagava o resto. No entanto, o ex-diretor de futebol deixou arranjada em contrato uma renovação de contrato, pela qual o meia levaria quase R$ 20 milhões do Rubro-Negro. Ciente disto, Felipe Ximenes, sucessor de Pelaipe no cargo, negociou para que esta situação não se configurasse e o clube economizasse.

– O Elano é um cara que tem um currículo invejável. Algumas vezes, as coisas não acontecem de maneira positiva para o um lado e não dão certo de jeito nenhum. Eu tenho um prazer de jogar com um cara com a experiência que tem o Elano. Mesmo com essa saída, todos nós temos de seguir na carreira – afirmou o goleiro Paulo Victor em coletiva.

Flamengo se movimenta e consegue economizar com saída de Elano

Na negociação, o Flamengo conseguiu fazer com que a rescisão não trouxesse danos para a imagem do clube, ao contrário do caso com André Santos. Sem rusgas, sem polêmicas. Elano saiu pela porta dos fundos porque jogou mal e não por ter divergências. Um adeus melancólico.(Lance)

Postar um comentário

0 Comentários