Confusão em São Januário: Torcedores tentam, mas não conseguem falar com jogadores.

Clima bastante pesado em São Januário nesta segunda-feira, dois dias após a vexatória derrota de 5×0 do Vasco para o Avaí-SC, pela 19ª rodada do campeonato brasileiro da Série B.

Dezenas de torcedores compareceram a sede do Cruz-Maltino para protestar durante o treino da equipe, sob o comando do ex-zagueiro Jorge Luiz que seguirá treinando o Vasco interinamente. Ele inclusive estará à beira do gramado durante a partida desta terça contra o América-RN pela Copa do Brasil.

O preparador de goleiros Carlos Germano e o atacante Thalles chegaram a conversar com o grupo, que se mostrava insatisfeito que queria de reunir com os demais jogadores para fazer cobranças e pedir explicações para a sequência de maus resultados da equipe na Copa do Brasil e principalmente na Série B.

A derrota para o time catarinense, a maior já sofrida dentro de São Januário custou o emprego do técnico Adilson Batista, que pediu demissão. O time agora volta o olhar ao mercado na tentativa de nas próximas horas anunciar o nome do novo treinador.

Torcedores tentam, mas não conseguem falar com jogadores.

Enderson Moreira, que está sem clube desde que deixou o Grêmio é o mais cotado para assumir a função. Jorginho corre por fora. O Vasco teve chances de sobras para alcançar a liderança da Série B, foram três oportunidades desperdiçadas e que por consequência culminou com a saída da equipe do G-4.

Postar um comentário

0 Comentários