Em jogo dramático, Flamengo derrota o Coritiba no tempo normal e pênaltis e vai às quartas da Copa do Brasil.

Uma vitória do jeito que o torcedor do Flamengo gosta: na raça e muito frisson até o final. Na noite desta quarta-feira(3 de setembro/2014), no Maracanã diante do Coritiba, o time comandado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo fez o que parecia improvável: venceu no tempo normal por 3×0 e 3×2 nos pênaltis e se classificou às quartas de finais da Copa do Brasil.

Depois da derrota por 3×0 na partida de ida em Curitiba, realizada há uma semana no Couto Pereira a situação do Rubro-Negro carioca ficou bastante complicada, o cenário se mostrava sombrio, apesar de jogar diante da sua torcida. No entanto, a equipe cada vez mais encorpada sob o comando de Luxa reverteu a situação adversa.

Heroi: Paulo Victor pegou dois pênaltis e Fla avançou.

Os gols do Flamengo foram assinalados por Alecsandro, duas vezes, ambos cobrando penalidade máxima, um em cada tempo e Eduardo da Silva, aproveitando um cruzamento de Everton já na etapa decisiva do jogo. Com o 3×0 construído, o time da Gávea forçou a decisão por pênaltis e no final brilhou e estrela do goleiro Paulo Victor, que defendeu duas cobranças e contou com a sorte em outras três oportunidades, com a bola batendo na trave.

No final, classificação do Mengo às quartas assegurada e adversário definido: o América-RN, que mesmo perdendo por 2×0 para o Atlético-PR nesta quarta em Curitiba avançou, uma vez que ganhou o primeiro jogo por 3×0 em Natal, na semana passada. A ordem de jogos com mando de campo ainda será definida.

O matogrossense Wagner Reway apitou o jogo no Maracanã e mostrou sete cartões amarelos. O segundo pênalti para o Flamengo foi bastante questionado pelo técnico e jogadores do Coritiba. Pouco mais de 18 torcedores, a maioria flamenguista compareceram ao Maraca para empurrar o time e ao final muita comemoração.

Alecsandro e Eduardo da Silva fizeram os gols do Fla no tempo normal

Depois deste jogo recheado de fortes emoções e muito desgaste físico e emocional, o Flamengo volta novamente as atenções para o Brasileirão, pois sábado, novamente no Maracanã o time terá o Grêmio pela frente em confronto da última rodada do primeiro turno. Um duelo típico de seis pontos, uma vez que se o Fla vencer o jogo igualará a pontuação do time gaúcho- 28 pontos. O Coritiba que luta contra o rebaixamento jogará diante do Bahia, em Salvador.

GANHOU, MAS PERDEU

O Flamengo venceu a partida contra o Coritiba no tempo normal e nas penalidades máximas e está nas quartas de finais da Copa do Brasil, mas no final perdeu dois jogadores para os próximos compromissos da equipe no Brasileirão e Copa do Brasil. O volante Luiz Antônio e o atacante Paulinho foram substituídos ainda no primeiro tempo devido a contusões sérias e ficarão longe dos gramados por um certo período. Aparentemente a lesão de Paulinho é mais grave, tanto que ele deixou o Maracanã na madrugada desta quinta com o auxílio de muletas.

LUXA ELOGIA EQUIPE

Em entrevista coletiva ao final do jogo desta quarta, no Maracanã com a classificação assegurada de maneira dramática, o técnico do Flamengo elogiou a postura da sua equipe para obter o resultado diante do Coritiba. Vanderlei Luxemburgo observou que a equipe não se desorganizou em momento algum.

– Vimos hoje uma equipe equilibrada durante os 90 minutos e isso foi importante. O Flamengo se manteve atento e focado como tinha que ser, em momento algum se desorganizou, o time mostrou uma maturidade muito grande e isso foi fundamental para que conseguíssemos a classificação., definiu Vanderlei Luxemburgo.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 3 (3) X 0 (2) CORITIBA

Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Data/hora: 3/9/2014 – 22h

Árbitro: Wagner Reway (MT)

Auxiliares: Paulo Faria (MT) e Márcia Caetano (RO)

Público/renda: 18.559 pagantes / R$ 477.610,00

Cartão amarelo: Chicão, Everton, Samir (FLA); Leandro Almeida, Zé Love, Gil, Alex (COR)

Cartão vermelho: –

GOLS: Alecsandro, aos 48’/2ºT (1-0); Alecsandro, aos 10’/2ºT (2-0); Eduardo da Silva, aos 35’/2ºT (3-0)

FLAMENGO: Paulo Victor, Luiz Antonio (Léo Moura, aos 14’/1ºT), Chicão, Samir e João Paulo; Recife, Márcio Araújo, Canteros e Gabriel (Eduardo da Silva, no intervalo); Paulinho (Everton, aos 29’/1ºT) e Alecsandro. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

CORITIBA: Vanderlei, Norberto, Leandro Almeida, Luccas Claro, Carlinhos, Helder, Gil (Robinho, aos 10’/2ºT), Rosinei (Baraka, aos 30’/2ºT) e Dudu; Martinuccio (Alex, aos 13’/2ºT) e Zé Love. Técnico: Marquinhos Santos.

Por: José Loiola Neto- Notícias do Flamengo.

Postar um comentário

0 Comentários