Vasco leva gol do Sampaio Corrêa no fim, mas segue firme no G-4

Vasco leva gol do Sampaio Corrêa no fim, mas segue firme no G-4

Em um jogo em que a arbitragem mais uma vez foi o centro das atenções, Sampaio Corrêa e Vasco empataram ontem á noite no Estádio Castelão em São Luís, pela 25ª rodada da Série B do Brasileiro.

A partida teve de tudo: pênaltis não marcados, dúvida se a bola entro no gol do time maranhense e muito bate boca entre atletas vascaínos e o apitador Gilberto Castro Júnior, de Pernambuco, que ao final de partida se sentiu ‘acuado’, dada a pressão por parte do time carioca, que há uma semana contra o Oeste, já havia sido prejudicada durante a partida em Manaus.

Com o resultado deste jogo no Maranhão, o time de Joel Santana se manteve no G-4, com 44 pontos, em quarto lugar, dois a menos que Avaí e Ponte Preta, os dois times acima na tabela, e três a menos do que o Joinville, líder da Série B.

O Joinvile, aliás, será o próximo adversário do Vasco nesta sexta, em São Januário. O Sampaio Corrêa, por sua vez, permaneceu em sétimo lugar, com 37 pontos. Na próxima rodada, o Sampaio Corrêa vai até o Passo das Emas para enfrentar o Luverdense, também na sexta.

 

FICHA TÉCNICA:

SAMPAIO CORRÊA 2×2 VASCO

Local: Estádio Castelão, em São Luís (MA)

Data: 23/09/2013, terça-feira

Hora: 21h50

Árbitro: Gilberto Castro Júnior (PE)

Assistentes: Clóvis Amaral e Ricardo Chianca (PE)

Renda e público: Renda: 1.223.000,00 Público / 44.198 presentes / 37.329 pagantes

Cartões amarelos: Luis Otávio, Mariano, Uillian Correia e Edgar (SAM) e Jhon Cley (VAS)Cartão vermelho: Edgard (SAM)

Gols: Edimar (SAM), aos 31 minutos, e Douglas (VAS), aos 47 minutos do primeiro tempo; Douglas Silva (VAS), aos 32 minutos e Willian Paulista (SAM), aos 49 minutos do segundo tempo.

SAMPAIO CORRÊA: Rodrigo Ramos; Tote, Edimar, Luis Otávio e Eloir; Marino (Cleitinho), Uillian Correia e Jonas; Pimentinha, Cascata (Valber) e Edgar (Willian Paulista). Técnico: Lisca

VASCO: Martín Silva; Diego Renan, Luan, Douglas Silva e Marlon; Guiñazu, Fabricio, Jhon Cley (Lucas Crispim) e Douglas; Maxi Rodríguez (Rafael Silva) e Kleber (Rafael Vaz) Técnico: Joel Santana

Postar um comentário

0 Comentários