Com apoio de parceira do Palmeiras, Flamengo pode construir seu próprio estádio.

Com apoio de parceira do Palmeiras, Flamengo pode construir seu próprio estádio.A WTorre, parceira do Palmeiras teria sondado o Flamengo durante a semana passada. Não é de hoje que o Rubro-Negro estuda ter o seu próprio estádio, tanto que no ano passado se cogitou a possibilidade da construção de uma arena com 25 mil lugares e em troca o clube daria o Morro da Viúva, que seria transformado em um conjunto residencial. O assunto foi comentado ontem no Programa “Nossa Área” na Bradesco Esportes Fm, que tem na apresentação o ídolo Wellington Campos. Durante o mês de abril, o Flamengo cogitou a hipótese de construir um estádio já que poderia não contar com o Maracanã e Engenhão durante o ano de 2016, principalmente por causa da olimpíada.

Conforme o repórter Mauro Santana, da mesma emissora e que cobre o dia a dia do Mengo, além da W.Torre uma construtora do exterior consultou o Flamengo a respeito da possibilidade de erguer a arena em troca de algumas concessões nos próximos anos, no entanto, com relação o Morro da Viúva em que a empresa EBX do empresário Eike Batista assumiu por 20 anos o arrendamento daquele local para a construção de um hotel não vai conseguir cumprir o contrato. Por isso, o Flamengo deveria começar a construção do estádio até dezembro próximo, quando se encerra a primeira parte do contrato. Importa lembrar que a empresa de Eike está falida, assim, não vai conseguir estabelecer qualquer tipo de obra.

A diretoria do Flamengo vem travando conversa de forma amigável no sentido de que haja a ruptura do contrato, até porque o clube já recebeu aporte financeiro. Dias atrás, o terreno foi invadido por um grupo de sem-tetos que foram convidados pela PM a se retirar, através de uma ação judicial, que foi dada entrada através do departamento jurídico do Flamengo. O juiz da 37ª Vara entendeu que o Flamengo tinha direito de reintegração de posse, sendo inclusive utilizado força policial para a retirada dos sem-teto que ocuparam parte dos apartamento do Complexo do Morro da Viúva.

Se o Flamengo conseguir desvincular a EBX deste contrato de arrendamento pode conceder o Morro da Viúva para que seja construído um complexo habitacional por parte da W.Torre em contrapartida deve ganhar a construção do seu novo estádio. O time vislumbra um projeto semelhante o Atlético-MG que utiliza a Arena Independente em Belo Horizonte e todos os jogos do Galo é casa cheia, já que os torcedores abraçaram a ideia a despeito do Mineirão que é um estádio de grande porte e apesar de o Atlético ter uma grande torcida, mas o local se torna bastante oneroso a exemplo do Maracanã, por isso, o Flamengo vive a possibilidade da construção de um novo estádio com capacidade para um público entre 20 e 30 mil torcedores e para as partidas consideradas de grande porte, além de semifinais e finais de campeonato e competições internacionais utilizar o Maracanã, onde o clube teria o retorno financeiro desejado.

Em suma é possível que saia do papel um acordo para que futuramente o Flamengo finalmente tenha seu estádio, mas o time é cauteloso e quer se resguardar principalmente por conta das experiências vividas por Grêmio e Corinthians, que hoje encontram tamanha dificuldade para manter suas obrigações, sobretudo no diz respeito a pagamento em seus respectivos estádios- Arenas Grêmio e Itaquera. No caso do Grêmio, a empresa que construiu a Arena, a OAS, está falida e o clube está com carnê na mão para pagar as prestações, na mesma situação está o Corinthians.

Por: José Loiola Neto- Notícias/Flamengo

Postar um comentário

0 Comentários