About Me

header ads

Na reestreia de Emerson Sheik, Flamengo perde para o Atlético-MG, no Maracanã

Na reestreia de Emerson Sheik, Flamengo perde para o Atlético-MG, no MaracanãO Flamengo lutou, mas não conseguiu superar o Atlético-MG no Maracanã, neste sábado (20.06). O Rubro-Negro começou a partida marcando sob pressão e com o apoio da torcida, que bateu recorde de público no Brasileiro 2015, mas sofreu dois gols ainda no primeiro tempo e não conseguiu a virada. A partida terminou em 2 x 0 para o adversário e agora o Mais Querido vai à Arena Pantanal enfrentar o Vasco. Saiba como comprar seu ingresso.

O jogo

O Rubro-Negro iniciou a partida com força total, marcando o Galo no campo de ataque. O Flamengo contava com a força da Nação Rubro-Negra, que apoiou a equipe no Maracanã. O jogo ainda contou com o retorno de Emerson Sheik, que nos quatro primeiros minutos chegou com perigo na área do Galo.

A equipe seguiu com disposição, mas aos vinte minutos foi o Atlético-MG quem abriu o placar. Dátolo cruzou para Pratto, a bola passou para César e Samir jogou para o gol ao tentar tirar. Aos 38, Lucas Pratto surpreendeu César e chutou de primeira no ângulo direito. O Flamengo foi para o intervalo perdendo e voltou com Alan Patrick, no lugar de Pará, e Marcelo Cirino, substituindo Gabriel, mas não foi o suficiente. Paulinho ainda entrou no lugar de Eduardo, mas a equipe não conseguiu marcar.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 0 X 2 ATLÉTICO-MG

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 20 de junho de 2015 (sábado)

Horário: 16h30 (de Brasília)

Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP)

Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Alex Ang Ribeiro (SP)

Cartão vermelho: Patric (Atlético-MG)

Gols: ATLÉTICO: Samir (contra), aos 21, e Pratto, aos 40 minutos do primeiro tempo

FLAMENGO: César, Luiz Antonio, Wallace, Samir e Pará (Alan Patrick); Márcio Araújo, Canteros, Gabriel (Marcelo Cirino) e Everton; Emerson Sheik e Eduardo da Silva (Paulinho). Técnico: Cristóvão Borges

ATLÉTICO-MG: Victor; Patric, Leonardo Silva, Jemerson e Douglas Santos; Rafael Carioca (Josué), Giovanni Augusto (Leandro Donizete), Dátolo e Maicosuel; Thiago Ribeiro (Dodô) e Lucas Pratto. Técnico: Levir Culpi

Postar um comentário

0 Comentários