About Me

header ads

Emerson Sheik defende o trabalho de Cristóvão Borges no Flamengo.

Emerson Sheik defende o trabalho de Cristóvão Borges no Flamengo. O Flamengo entra em campo contra o Náutico daqui a pouco. Jogo de volta pela terceira fase da Copa do Brasil, na Arena Pernambuco pode ser um divisor de águas para sequência do trabalho do técnico Cristóvão Borges frente ao rubro-negro.

Novamente balançando no cargo, o treinador depende do resultado para se manter no cargo, muito embora, esse não seja o pensamento dos atletas, conforme Emerson Sheik um dos líderes do grupo.

– Não é um assunto comentado, não se cogita essa possibilidade, não passa pela cabeça de ninguém. Eu não ouvi ninguém falando sobre isso. A gente acredita no trabalho dele, sabemos que a culpa não é dele, se existe um culpado essa responsabilidade precisa ser dividida coletivamente.

Nessa partida, para se classificar às oitavas de finais, o Flamengo necessita da vitória ou empate a partir de 2×2. Em caso de empate por 1×1 a vaga será decidida nos pênaltis. O placar de 0x0 ou derrota, o Flamengo estará eliminado.
(Por: José Loiola Neto)

Postar um comentário

0 Comentários