About Me

header ads

Barro Duro recebe FFP Social, que contempla escolinhas de futebol e homenageia personalidades do esporte no município; Sima, maior artilheiro do Norte e Nordeste esteve presente.


Por José Loiola Neto/Esporte T4

Nesse último sábado (14 de setembro), a cidade de Barro Duro recebeu o FFP Social, uma iniciativa da Federação de Futebol do Piauí que visa além de estreitar laços, incentivar o futebol das categorias de base nos municípios por onde passa. Barro Duro foi a quarta cidade no estado percorrida pela comitiva da FFP, que dentre os atrativos traz jogadores do futebol piauiense que fizeram sucesso no passado.


Nesse sentido, quem se dispôs a ir ao estádio Cléber Teixeira, o "Clebão" no último sábado pôde avistar em campo dentre outros craques aquele que foi um dos maiores jogadores do futebol brasileiro durante as décadas de 1970 e 80-- Simão Teles Barcelar, o Sima, que no período em que esteve em atividade em quase 20 anos de carreira marcou 890 gols, lhe rendendo a supremacia de ser o maior artilheiro do futebol nas regiões Norte e Nordeste até hoje, tendo atuado por clubes do futebol piauiense e de outros estados do Pais.


Do alto dos seus 71 anos de idade, completados no último mês de março, Sima não perde a intimidade com a bola, e no amistoso fez o primeiro dos 4 gols da Seleção da FFP contra a Seleção de Veteranos de Barro Duro. O placar de 4x0 para a Seleção da FFP é o que menos importa, o que vale no fim é o congraçamento e a troca de fidelidades entre as partes envolvidas.

No intervalo do jogo, a reportagem do Portal T4 conversou com Sima, que se mostrou o sujeito humilde e acessível de sempre, característica marcante da sua personalidade. Para Sima, é um prazer fazer parte do projeto da FFP. No ligeiro contato, Sima fez uma retrospectiva da sua carreira futebolística.

Ícone do rádio no Brasil, Dídimo de Castro, narrador nas rádios Pioneira e Cidade Verde em Teresina passou por Barro Duro no último final de semana, oportunidade em que divulgou e distribuiu o seu livro na Trajetória dos 90, a iniciativa está inclusa na programação do Projeto FFP Social. Didimo comentou sobre o projeto, deixando claro que o foco do FFP Social é entre outras coisas fornecer um apoio logístico às escolinhas dos municípios a partir da destinação de material esportivo.

O prefeito de Barro Duro disse ser de grande valia a realização desse jogo em sua cidade, considerando a conotação e abrangência do evento. Dr Deusdete Lopes elogiou a iniciativa da FFP na pessoa do presidente Robert Brown, e tão logo foi sondado para que o município recebesse o projeto não hesitou em abrir as portas para a vinda da comitiva da federação.

Robert Brown, presidente da FFP comentou sobre a essência e objetivo do projeto FFP Social, ressaltando que a ideia em desenvolver a ação foi, sobretudo para dá mais suporte as categorias de base.

Bianor Lima Verde, o Bianorzinho destaque do futebol amador em Teresina na década de 1990, tendo atuado em Elesbão Veloso pelo Colorado em torneios municipais, no amistoso em Barro Duro vestiu a camiseta da FFP, e no contato com o Portal T4 manifestou o desejo de trazer o projeto FFP Social para Elesbão Veloso nos próximos meses.

O assessor de comunicação junto a Prefeitura de Barro Duro, João Paulo ver como importante a ação da FFP porque o projeto trouxe dividendos para a cidade, a partir da doação de cestas de alimentos para famílias carentes, sem falar que no segmento esportivo, a doação de material para as escolinhas de futebol de base vai por certo aperfeiçoar os trabalhos de quem lida com a preparação de garotos, muitos deles sonhadores em um dia ser um jogador de futebol profissional. João Paulo também se mostrou lisonjeado por ter visto o ex-jogador Sima atuar durante o amistoso, cujo resultado adverso para Barro Duro é o que menos importa.

O empresário Cândido, dono de um supermercado em Barro Duro, sendo ele pai do jovem Cléber Teixeira, falecido anos atrás em razão de um infarto fulminante aos 24 anos e que por ter sido jogador de futebol na cidade foi homenageado com o nome da praça esportiva naquela cidade. Cândido foi um dos homenageados ao final do jogo, recebendo medalha e o livro na Trajetória dos 90 do jornalista Didimo de Castro. Amante do esporte, ele se colocou a disposição para qualquer empreitada.






































































Postar um comentário

0 Comentários