About Me

header ads

Prefeito de Pimenteiras Venício do Ó reforça pré-candidatura da esposa Carmelina do Ó à prefeitura de Valença, propõe união, chama a atenção para erros praticados no passado e avisa: "Não farei parte da perversidade que a oposição fez com Valença"

Prefeito Venícius do Ó de Pimenteiras
Por José Loiola Neto/Política T4

Ao participar do 10º Ouvir Valença, no bairro Novo Horizonte, dia 23 de Janeiro passado, o prefeito de Pimenteiras Venício do Ó(PTB) esteve ao lado da esposa dona Carmelina do Ó, que por meio do evento vem preparando a sua futura candidatura a prefeitura da cidade.

Ao  final do evento, em entrevista ao Portal T4, o gestor falou sobre os mais distintos assuntos, em princípio, Venício do Ó comentou a respeito do que tem sido a tônica em termo de queixas relacionadas a atual administração por parte das pessoas que tem participado do evento.

- Valença está tendo dificuldades. A gestão não correspondeu com os anseios do povo e o povo está passando por uma situação muito difícil. Valença é uma bela cidade. A região inteira está em Valença, é a capital da região, e as pessoas queriam muito de Valença e ela está triste. A gestão não conseguiu corresponder nesses três anos e pouco de mandato.

Dono de uma gestão que tem recebido aplausos e elogios de muitos, não apenas da comunidade pimenteirense, mas até de pessoas de outros rincões, do alto da sua experiência administrativa, o prefeito explica porque Valença chegou a situação que se encontra.

- Gestão pública você precisa fazer. As vezes, a pessoa é gente boa, mas a gestão é diferente. Não precisa ser só gente boa para fazer gestão pública, tem que ter conhecimento, muita vontade e se dispor de muita coisa, você tem que abdicar da sua vida, de muita coisa, passar semanas e semanas em Brasília batendo nas portas de gabinetes para trazer recursos, não é fácil, não é para todo mundo que persiste nisso.

Numa entrevista recente a uma emissora de rádio em Valença, o prefeito disse que sabe como poucos de onde extrair os recursos via Brasília e que se tornam úteis para o incremento administrativo. Disse que acumula experiência de mais de sete anos de mandato e o seu bom relacionamento com deputados federais e senadores conta muito para isso.

- Eu tenho esse caminho. Esse caminho de trazer as coisas para Pimenteiras é o mesmo para qualquer lugar. Qualquer candidato que tenha experiência que eu tenho, o conhecimento e a responsabilidade que eu tenho e o apoio não tem dúvidas que irá trazer e Valença tem vários problemas e é uma cidade que não tem pagamento rigorosamente em dia. Os salários de Valença são atrasados. No mundo moderno de hoje, o prefeito pode ter dificuldade em vários segmentos: para fazer uma obra você tem de aprovar, licitar e executar um projeto, é um processo demorado, agora pagar em dia não; é a coisa mais fácil que um prefeito pode fazer em qualquer prefeitura. Atrasar salários é inadmissível, triste e imoral, porque leva o cidadão a passar pela pior das situações que é a humilhação de comprar fiado já estando devendo, e isso em tese, é um retrocesso que não deveria mais existir.
Prefeito Venícius do Ó disse que oposição não poderá repetir erros do passado.
Venício do Ó tratou sobre as eleições em Valença do Piauí, em especial, o comportamento da oposição, bloco o qual a sua esposa Carmelina do Ó ocupa e pleiteia um espaço. O administrador disse que não está preocupado com os outros candidatos que tem surgido, sua preocupação na verdade é outra.

- Minha preocupação é com a Valença. Então, quando eu me dispus a colocar o nome da minha esposa como pré-candidata a prefeitura de Valença pelo conhecimento e experiência que tem eu acreditava em dá mais uma opção para Valença que tem outros nomes e bons, mas eu acredito só na vontade do povo, não é a vontade de um candidato que queira ou deixa de querer que vai abalar nosso processo porque esses próprios candidatos que me descartam votarei neles se eles estiverem na frente porque eu não estou preocupado com eles, eu penso em Valença e como eu penso em Valença não há como eu abrir a boca em um evento aqui nessa cidade, na Câmara Municipal e dizer que quem estiver na frente será o candidato e não há como eu mudar isso, eu não sou homem de duas palavras. Na política nós só temos a palavra e as pessoas que não tem a palavra vai para onde?. As pessoas que pensam só em si, se não for eles não serve, tem que ser eles, os outros não servem?. Pois eu penso de outra maneira: qualquer candidato nessa cidade que esteja na frente nas pesquisas eu vou votar, vou trabalhar e ajudar com maior prazer. Eu e o grupo que me seguir.

O prefeito disse que a plataforma de atuação e trabalho de pré-campanha de Carmelina do Ó não sofrerá quaisquer alterações, inclusive em se tratando de desistência de candidatura de outros membros da oposição.

- Não muda nada. Vamos continuar lutando porque a oposição está aí. Temos muitos nomes a serem colocados para população. Há quem desista, mas apoia. Gostaria de lembrar que voto é um direito livre e seguro. Qualquer pessoa que estiver na frente nessa cidade vamos votar. Eu quero é que Valença saia dessa situação que está vivendo. Valença tá uma cidade amargurada, triste e desmantelada e isso não pode acontecer. Aqui temos uma população forte, é uma cidade que tem uma história bacana, uma cidade que teve três senadores da República, cinco governadores; Valença é maior do que todos nós.

Do Ó ressaltou que os erros praticados pela oposição em Valença no passado, não podem se repetir sob pena de novamente o povo sair perdendo. 

- Não farei parte da perversidade que a oposição fez com Valença. O grupo do Venícius do Ó que represento aqui com a pré-candidatura da Carmelina não fará parte dessa perversidade e maldade que fizeram por questão de ego. Como é que uma pessoa que tinha a frente o Marcelo Costa em todas as pesquisas, um rapaz de bem, não tinha experiência, mas poderia aprender. Como que não votaram nele?. Porque ele não servia?. Ele veio de fora, como eu vim também.

Como ocorreu em Pimenteiras, onde Venicio venceu as eleições e conseguiu se reeleger, ele acha que em Valença, a esperança pode vencer a desconfiança, e ainda há um diferencial.

- Aqui é bem mais fácil. Com a bagagem que nós temos. Que eu tenho e a Carmelina tem e com uma diferenciação. A sensibilidade dela que não deixa cometer os erros, que avisa antes. Valença tem recursos quatro vezes mais que Pimenteiras e Valença não tem hospital do município?. O hospital de Valença toda a despesa é paga pelo estado. Valença tem 100km de estradas de terra, Pimenteiras tem 1.415 km, a minha despesa é imensa e a arrecadação é quase nada perto daqui. Como é que uma pessoa que tem experiência de gestão e vem fazer uma gestão em um lugar dessa forma, nesse formato e não faz?. Aqui faz muito mais e mais depressa porque carrega experiência e tem os recursos que Pimenteiras não tem.

Ele comentou acerca da sua gestão frente a Prefeitura de Pimenteiras, destaque no Piauí, o que o fez a pensar em disputar uma vaga à Câmara Federal nas eleições de 2022.

- Vontade, dedicação, luta, entrega, a gente abdica de muita coisa para fazer uma gestão dessa forma. Responsabilidade e cumprindo todos os compromissos com as pessoas, com cada deputado e senador que fiz até hoje cumprir 100%, me engajei de dia e de noite e carrego a credibilidade e confiança porque quando ganho uma emenda eu chamo para inaugurar. Quando tenho uma demanda aqui corro até o deputado e senador e conto as necessidades do povo sofrido nosso. Eu tenho credibilidade, experiência e tudo que falei eu cumpri, então eu ser de fora não valeu para as pessoas que não queriam que eu ganhasse. Agora para as que queriam está lá o resultado, uma cidade diferenciada.

O prefeito elencou algumas obras que estão concluídas e outras que estão sendo executadas na sede e zona rural de Pimenteiras.

- Eu tenho mais de 50 distritos. Eu tenho distrito com 30 mil metros de calçamentos, é um distrito chamado Campos; eu inauguro agora em Março em um distrito chamado Sítio das Onças com 2km, 700 metros de extensão com 7 de largura de calçamento. Imaginem que peguei uma cidade que não tinha nada e nela falta 2 ou ou 3 ruas e estou finalizando documentos para fechar 100%, fora muito asfalto, reformas, muitos postos de saúde de ponta, escola de primeira, modelo FNDE um hospital de ponta, pode ir lá que você não vai passar vergonha, é 24 horas, o tempo todo. Fiz mais de 70 poços no município, diminuindo o sofrimento do povo, muitas comunidades não havia nem água ainda. Eu tenho em torno de 300 obras no município.

Venício do Ó encerrou deixando uma mensagem ao povo de Valença do Piauí, pedindo que as pessoas continuem acompanhando e acreditando para chegarem ao ponto disso na melhor das situações.

- Vai ser escrito no programa de governo da candidata Carmelina do Ó o que o povo quer e pedir ao povo que continue dando esse apoio.

Postar um comentário

0 Comentários