About Me

header ads

CORONAVÍRUS- Em Elesbão Veloso, Juiz João de Castro chama a atenção de donos de bares para cumprimento de decretos: "Vamos aplicar multas e fechar se necessário"

Por José Loiola Neto

Em entrevista a este repórter, sábado último(21/03/2020), oportunidade em que tratou a respeito da situação preocupante a que se encontra o mundo, o país, consequentente o Piauí, dada a pandemia de coronavírus, o juiz da Comarca de Elesbão Veloso tratou dentre outras questões, a respeito das normativas impostas aos cidadãos determinadas em decretos baixados durante a semana passada pelo governador do Estado, Wellington Dias e prefeito municipal, Ronaldo Barbosa. O magistrado lembrou que as regras precisam ser obedecidas, pois são essenciais pata todos, lembrou que é um momento de conscientização e fé em Deus. 


- Vamos esperar que com as forças divinas, orando bastante para que os nosso cientistas descubram o mais rápido possível a cura, sabemos que eles estão constantemente fazendo isso, dia e noite estudando afim de que nós possamos voltar a nossa rotina. 


O Juiz disse que tem visto com bastante preocupação o atual momento que vem sendo enfrentado pelo País e Estado, ao tempo em que reclamou da maneira como vem se comportando alguns donos de estabelecimentos, especialmente bares existentes em Elesbão Veloso, onde não vem dando o respeito necessário com vistas a prevenir a disseminação do coronavírus(Covid-19). Em tom de desabafo, João de Castro avisou que as medidas acordadas com a lei serão implementadas contra aqueles que agirem com desrespeito. 

- Vamos agir no sentido de manter a ordem. Vamos aplicar multas e fechar se necessário. Espero primeiramente a conscientização e o bom senso de todos. Vou repetir: os donos de bares principalmente tenham cuidado e até restaurantes, dando uma volta em Teresina observamos muitos restaurantes fechados. No caso dos restaurantes, você faz o pedido e eles vão deixar, é assim!, todos estão procurando cooperar, porque que na nossa cidade tem que ficar abertos? Nós vamos adotar as medidas. Se não obedecer, vamos ter que adotar as providências cabíveis. A sociedade tem de se conscientizar, o isolamento domiciliar é de suma importância. 


Juiz João de Castro em entrevista ao repórter José Loiola Neto



Postar um comentário

0 Comentários