About Me

header ads

Aulas on-line nas escolas particulares em Teresina devem ser retomadas nesta segunda-feira(13); presidente do SINEPE-PI descarta redução das mensalidades: "isso não existe"

No Piauí, escolas particulares tiveram férias antecipadas por conta da Covid-19
Por José Loiola Neto

Diante da pandemia de coronavírus(Covid-19) ao redor do mundo, as escolas particulares em todo o Piauí estão há quase um mês sem aulas, as férias escolares antecipadas encerram neste domingo, dia 12/4 e a retomada do período letivo nas escolas da rede privada em  Teresina estão previstas para esta segunda-feira, dia 13/4. 

Em momento de crise econômica, muitos pais relatam as dificuldades para se pagar as mensalidades. Em recente entrevista a Rádio Cidade Verde de Teresina, o presidente do Sindicato das Escolas Particulares do Piauí- SINEPE-PI, Marcelo Siqueira falou a respeito das atividades letivas e afirmou que os alunos voltarão a ter aulas on-line, visto que até o último dia 1º/4, as escolas estavam de férias, previstas no calendário anual de cada escola.

O presidente explicou que atendendo a decretos baixados pelo governador do estado e pela Prefeitura de Teresina, as aulas presenciais não serão retomadas, serão desenvolvidas atividades à distância, o que segundo Marcelo acarreta para as escolas um aumento de custos, haja vista o investimento em tecnologia, equipamentos, compra de software, treinamento de professores etc. 

- Além do que temos um aumento de despesa prevista no retorno com a compra de material de limpeza. 

Marcelo também abordou com relação as mensalidades, explicando que a maior despesa das escolas diz respeito a folha de pagamento, dessa maneira, é preciso que seja levado em conta não exatamente o que os pais de alunos pagam mensalmente, mas a anuidade previstas nos carnês. 

- Nós vendemos um serviço anual e a gente divide em 12 prestações. A folha de pagamento está ai para as escolas pagarem e nós não podemos dispensar nenhum funcionário, as aulas vão voltar, eles estavam de férias, há um aumento de despesas das escolas. Eu vejo muita gente falar em redução dos custos, mas isso não ocorre porque até agora a gente estava de férias e essas férias são previstas na planilha de custos. Nós vamos voltar as aulas e quando voltarmos estaremos contratando pessoal para treinamento de professores, pessoal de TI, estamos comprando software caros.

Perguntado se o custo adicional feito pelas escolas em razão dos investimentos em materiais tecnológicos será repassado aos pais de alunos, o presidente disse que normalmente a planilha de custos só é revista no final do ano, e as escolas não estão pensando nessa possibilidade de aumento de valores junto as mensalidades. Por outro lado, Marcelo retrucou sobre a proposta de redução das mensalidades.

- Isso não existe porque nós estamos tendo na verdade são dificuldades porque a nossa folha de pagamento não vai mudar e o principal gasto das escolas é a folha de pagamento.

Sem previsão de retorno das aulas presenciais, o presidente disse que no momento cada escola vai fazer suas regras em harmonia com o Conselho Estadual de Educação, segundo Marcelo existe um parecer e as escolas particulares do Piauí estão respaldadas por ele.

- Nós podemos agora dá aulas à distância nesse período que estamos passando por essas dificuldades. Então, quem não tiver internet vai ter que providenciar, vai ter que dá seu jeito ou então a escola pode flexibilizar os estudos, isso vai depender de cada escola. 

Postar um comentário

0 Comentários